Páginas

terça-feira, 5 de julho de 2011

ESCOLA ESTADUAL PROFº LUCIMAR AMORAS DEL CASTILLO





A Escola Estadual Professor Lucimar Amoras Del Castillo, localizada na Av. Cora de carvalho, s/n, no bairro Santa Rita foi criada através do decreto nº 0343 de 23 de março de 1992. Antes de sua fundação a mesma funcionou na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativas do estado do Amapá com a denominação de Escola Monteiro Lobato. O nome da escola é em homenagem ao professor Lucimar Amoras Del Castillo, profissional que dedicou sua vida em prol da educação do Amapá. Ele era amapaense, nascido a 12 de fevereiro de 1929, no município do Amapá. Foi professor de matemática, tendo feito seu curso superior na Universidade Federal do Pará. A filosofia presente no Projeto Político Pedagógico da escola fundamenta-se, em colaborar na formação integral do ser humano, oportunizando-lhe desenvolver-se intelectualmente, constituir-se ética, estética e moralmente, reconhecer-se como pessoa, ser social, afetivo e político, como sujeito histórico-cultural e como cidadão do tempo presente.

IDENTIFICAÇÃO DOS ESTÁGIÁRIOS
Joyce Oliveira Lima, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.

Maria das Dores da Costa Mendes, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.


Simoni Barbosa Brito, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.

Shirley Neves Pinheiro, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.

Kelly Cristina Ramos Pereira, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.


Riseemberg Monteiro Ferreira, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.

Rosilene de Oliveira Campos, acadêmica do sexto semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa do Instituto de Ensino Superior do Amapá - IESAP.
DESCRIÇÃO DOS DADOS COLETADOS NA ESCOLA

O Estágio Supervisionado em docência III: reconhecimento do espaço escolar e docência, dos acadêmicos do 6º semestre do curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Francesa, do Instituto de Ensino Superior Amapá – IESAP, foi realizado na Escola Estadual Professor Lucimar Amoras Del Castillo, no período de 04 de abril a 15 de junho, prolongou-se devido a greve dos professores.
Durante o estágio fomos muito bem recebidos na portaria pela funcionária Maria Assunção e fomos encaminhados à coordenação. O coordenador, Sedson Silva, mostrou apatia a nossa presença, pois ao fazermos algumas perguntas para ele percebemos que ele desconhecia alguns procedimentos da escola, chegando a perguntar diversas vezes para a diretora adjunta. No período da tarde, os acadêmicos sentiram dificuldade em falar com a direção e coordenação devido a ausência dos mesmos. 
Essa receptividade por parte da coordenação e direção intimidou inicialmente a nossa coleta de dados, no que diz respeito a projetos e orientação escolar, mas em compensação fomos muito bem recebidos, tanto no período manhã quanto no da tarde, pela diretora adjunta, Srª Andréa de Oliveira, o que nos explicou e orientou sobre o funcionamento da escola e seus projetos. Ela nos explicou que há plantões pedagógicos anuais, sempre ao final de cada bimestre para que os pais dos alunos fiquem sabendo do desenvolvimento escolar.  Informou ainda, que no turno da noite, os alunos que ali freqüentam, são do EJA (Educação de Jovens e Adultos), e no período da manhã e tarde, o ensino médio. Após a apresentação e coleta de dados na coordenação fomos encaminhados para outros espaços físicos. 
A escola com esforços dos profissionais que ali trabalham oferecem oficinas e projetos, voltados para a leitura e informática. Além disso, a escola é muito bem estruturada para receber alunos deficientes áudios-visuais.          
A receptividade foi muito acolhedora pelos professores, bibliotecária e secretária. Em relação aos alunos percebemos que a maioria é esforçado, interessado e participativo nas aulas, mas há uma minoria que é, além de desinteressado, desrespeita os professores e aos próprios colegas. 
Apesar de todos os contra tempos que encontramos, conseguimos fazer um excelente estágio, conhecendo e aprendendo como funciona a educação escolar nas escolas públicas de Macapá.

DESCRIÇÃO DO PERÍODO DOS ESTAGIÁRIOS NA ESCOLA CAMPO


           No dia 04/04/2011, as acadêmicas, Simoni Barbosa Brito e Maria das Dores da Costa Mendes, apresentaram-se à coordenação da Escola Estadual Lucimar Amoras Del Castilho, e foram recebidas pelo coordenador Sedson Augusto Abreu da Silva.  

          No dia 04/04/2011, observamos e coletamos dados junto a Coordenação e Direção, e falamos com a diretora adjunta, Srª Andréa de Oliveira, e com o coordenador Sedson Augusto Abreu da Silva.

          No dia 05/04/2011, observamos e coletamos dados junto a Secretaria e Biblioteca. Na secretaria, conversamos com as senhoras Francisca Silva e Arilda. E na Biblioteca conversamos com a senhora Socorro.

           No dia 06/04/2011, reconhecimento do ambiente escolar e coleta de dados junto ao espaço físico da escola como refeitório, quadra esportiva, banheiros, corredores e salas. E conversamos com a funcionária Maria Assunção.

           Nos dias 11/04/2011 e 12/04/2011, observamos e coletamos informações sobre o cotidiano da sala de aula com a professora Ana Lúcia da Silva.

            No dia 13/04/2011, regência em sala de aula, da acadêmica Simoni Barbosa Brito, no primeiro horário.

            No dia 13/04/2011, regência em sala de aula, da acadêmica Maria das Dores da Costa Mendes, no segundo horários.

            No dia 13/04/2011, acompanhamos a professora Ana Lúcia da Silva, até a Sala dos Professores e coletamos informações sobre aquele ambiente.




           No dia 24 de março as acadêmicas Joyce Lima Oliveira e Rosilene de Oliveira Campos entregaram o ofício para a diretora adjunta Andréa.

           No dia 25 de março fomos novamente à escola Lucimar para o reconhecimento do espaço escolar e também foi o primeiro contato com a professora Maria José, de literatura.

           No dia 28 de março observamos três aulas de literatura da professora e conversamos com ela sobre o conteúdo de nossa regência, bem como sobre a aceitação dos alunos da turma 132.

           No dia 30 de março observamos mais duas aulas de literatura e fomos a coordenação pedagógica, com o coordenador Sedson Augusto Silva, coletar dados sobre a escola.

           No dia 11 de abril foi a nossa regência na disciplina de literatura sobre o assunto Trovadorismo e nós tiramos fotos com a professora e com os alunos.

           No dia 18 de abril fizemos registros fotográficos dos ambientes escolares,como a sala de informática, sala de vídeo, refeitório, quadra de esportes e na biblioteca conversamos com a bibliotecária Ana Elizabeth.

           No dia 05/04/11as acadêmicas, Kelly Cristina Ramos Pereira e Shyrlei Pinheiro Furtado, entregaram o oficio junto a coordenação, sendo o 1º contato das acadêmicas na escola-campo onde fomos recebidos pela pedagoga Rutiléia membro da instituição escolar em questão.

No dia 06/04/11 as acadêmicas realizaram a coleta de dados da professora regente: Maria José Taborda e ainda participaram da observação de classe, item obrigatório para o estagio supervisionado.

Dando continuidade ao estágio, no dia 07/06/11, ocorreu também observação de classe, onde a professora regente ministrou para seus alunos um conteúdo-atividade interdisciplinar: Língua Portuguesa/Literatura/Redação, voltado para os seguintes conteúdos: Linguagem, comunicação e interação.

No dia 13/04/11 observou-se o espaço escolar, registrando-os em fotografias.

O estágio foi finalizado no dia 16/06/11, vale ressaltar que se deve um longo espaço entre as duas ultimas datas, devido à greve dos professores que ocorreu no estado. Porém, conseguimos no dia 16/06/11 ministrar nossa regência de classe na turma 122, com o seguinte conteúdo: Estilo de Época Medieval- Trovadorismo, trabalhado com os alunos através de data-show, dando ênfase aos tipos de cantigas presentes no Trovadorismo, e em seguida uma aula expositiva- argumentativa onde ocorreu a participação e interesse dos alunos pela aula exposta. Por fim as acadêmicas realizaram um exercício para melhor compreensão e fixação do conteúdo.


No dia 15/04/2011, a acadêmica Riseemberg Monteiro Ferreira , iniciou-se com a entrega do oficio, sendo o 1º contato da acadêmica na escola-campo onde fui recebida pela diretora Rosivane Beltrão e encaminhada a turma 212.

No dia 18/04/11 a acadêmica fez o reconhecimento do espaço escolar e coleta de dados da professora regente: Maria José Taborda.

No dia 19/04/11, foi feito a minha 1ª observação de classe, onde assisti seguinte aula: O romantismo em Portugal, ministrada pela professora regente
Dia 20/04/2011 foi feito o reconhecimento do espaço escolar, onde foi tudo registrado por fotos.

Dia 21/04/11 ocorreu observação de classe, onde ocorreu um debate sobre a vida  e a obra de João de Deus (3ª geração Romântica).

E no dia 16/06/11 foi finalizando o estagio, através da minha regência de classe. Transcorrendo sobre o seguinte conteúdo: Romantismo no Brasil-(vida e obra de Gonçalves Dias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário